Compartilhando experiências e vivências do meu primeiro intercâmbio em Dublin -Irlanda.

Posts marcados ‘Belfast’

Belfast – Irlanda do Norte (Ulster)

Hoje eu juntamente com a Cristina e o Alex fomos explorar e nos aventurar em mais um outro país, dessa vez, a nossa vizinha Irlanda do Norte. Pegamos um ônibus na rodoviária do centro de Dublin por 25 euros (ida e volta) e levamos 2 horas pra chegar. A cidade escolhida foi a capital Belfast, muito conhecida e visitada pelos turistas por toda sua história envolvendo o famoso Titanic que foi construído e partiu de lá mesmo. Na cidade toda você encontra algo referente a história do navio, seja em lojas até pinturas nas paredes das ruas. A cidade também é muito procurada pelos consumistas de plantão por vender roupas, perfumes e acessórios por ótimo preços (pois não pagam impostos pro governo) e a moeda utilizada é o Pounds (Libras).

Irlanda do Norte (Northern Ireland), também chamada de Ulster, é uma das quatro partes que compõem o país do Reino Unido. Historicamente, a ilha da Irlanda era dividida em quatro províncias, sendo a mais ao norte, chamada de Ulster. Desde 1920, Ulster foi oficialmente separada do restante da Irlanda que tornou-se independente do Reino Unido. Cerca de 44% da população da Irlanda do Norte é de origem católica e 53%, protestante (2002). A capital é Belfast, a cidade onde o Titanic foi construído e palco de sangrentas lutas lutas separatistas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como parte do Reino Unido, os habitantes da Irlanda do Norte são cidadãos britânicos. Eles também têm direito de obter a cidadania irlandesa por nascimento, algo que é garantido pelo Acordo de Belfast, realizados entre os governos britânico e irlandês, que dispõe que é o direito natural de todo o povo da Irlanda do Norte a identificar-se e se aceitarem como irlandês ou britânicos.

DICA: Levem seus passaportes e esteja em dia com o visto (principalmente pra aqueles que estejam em fase de renovação) porque mesmo sendo Irlanda do Norte, a qual muitos falam que não pediam, no meu caso o ônibus que estava foi parado por um oficial da GARDA que verificou todos os passaportes e levou um rapaz com ele (creio que estava sem ou com alguma irregularidade no visto).

Por tanto evite problemas e esteja sempre com seu passaporte em mãos independente do país ser vizinho ou não.

Anúncios